[em class=”fa fa-edit”][/em] About Us

A much mammoth because sedulously that in more regarding coaxingly...

A much mammoth because sedulously that in more regarding coaxingly wallaby more ouch fluently saw rabbit talkatively tore less like about despite..

more detail

Os Judeus da Montanha.

” E farei voltar Israel para a sua morada, e ele pastará no Carmelo e em Basã, 

               e se fartará nos outeiros de Efraim e em Gileade.”  (Jeremias 50:19)


   O Jornal Folha de São Paulo, de 27/06/1993, publicou em sua matéria de grande interesse para os estudiosos da bíblia e das profecias.

O titulo:

Cáucaso esconde judeus há 2.000 anos !

Trata-se de um documentário sobre os judeus que viveram no Azerbaidjão, país situado ao sul da Rússia e de maioria absoluta muçulmana  O redator desta matéria conta-nos que que estes judeus criaram suas próprias tradições, aprenderam a conviver

com os vizinhos islâmicos e resistiram ao ataque do ateísmo soviético.

Isolados no relevo acidentado do Cáucaso, os judeus de montanha, como ficaram conhecidos, começaram a reatar vínculos cortados pela história.

Atualmente estão se aproximando de outras comunidades judaicas no mundo e são atingido pela onda de imigração para Israel.

Na reportagem, a sua origem também foi motivo de especulação: o desterro desses  judeus poderia ser resultado da conquista assíria em 722 a.C. e do exílio que se seguiu. Outra tese aponta para uma chegada posterior: Nabucodonosor, o rei da Babilônia, conquistou Jerusalém em 538 a.C. Mas nem todos voltaram do cativeiro nessas terras que correspondem hoje o Iraque. Aqueles  que ficaram são, segundo uma teoria, os antepassados dos judeus da montanha.

De qualquer forma, se o poder assírio ou babilônico, os judeus foram levados para regiões da Mesopotâmia, terras leste de Jerusalém. E migraram depois em direção ao norte, até as montanhas do Cáucaso.

Sempre buscando se proteger das invasões árabe, turcas, russas e mongóis.

A matéria publicada nos mostra o fiel cumprimento da palavra dos profetas. Nos estudos anteriores, vimos que os principais poderes que dispersaram Israel e Judá foram Assíria e abilônia. Nas promessas de retorno, o Senhor nosso Deus, diz que traria o seu povo “da terra do norte”.

Esta terra, ao que constatamos, trata-se da Russia meridional.  A bíblia nos forne-se detalhes sobre a volta desta comunidade judaica à nação já restaurada.

 

  Ezequiel 36:37-38


33 Assim diz o Senhor Deus: No dia em que eu vos purificar de todas as vossas iniquidades  então farei com que sejam habitadas as cidades e sejam edificados os lugares devastados.

34 E a terra que estava assolada será lavrada, em lugar de ser uma desolação aos olhos de todos os que passavam.

35 E dirão: Esta terra que estava assolada tem-se tornado como jardim do Éden  e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas.

36 Então as nações que ficarem de resto em redor de vós saberão que eu, o Senhor, tenho reedificado as cidades destruídas, e plantado o que estava devastado. Eu, o Senhor, o disse, e o farei.

37 Assim diz o Senhor Deus: Ainda por isso serei consultado da parte da casa de Israel, que lho faça; multiplicá-los-ei como a um rebanho.

38 Como o rebanho para os sacrifícios, como o rebanho de Jerusalém nas suas solenidades, assim as cidades desertas se encherão de famílias; e saberão que eu sou o Senhor.

 

share

Deixe uma resposta